Close

O QUE FAZ VOCÊ FELIZ?

Há uns anos atrás, havia uma propaganda de uma rede de supermercados  que perguntava o seguinte para o telespectador: “O que faz você feliz?” E a música de fundo começava assim:

 

O que faz você feliz?

Você feliz, o que é que faz?

Você faz o que te faz feliz?

O que faz você feliz, você quem faz.

 

Nas imagens mostrava pessoas se alegrando com coisas simples como: brincar na chuva, raspar a tigela com o resto da massa do bolo e um menininho abraçando as pernas do pai em uma arquibancada, demonstrando a importância de estarem juntos e a segurança que essa figura representa. A mensagem é simples: não precisamos de grandes coisas para sermos felizes, podemos nos alegrar com as coisas mais simples, com as pessoas que mais importam para nós.

E esta é a questão crucial:  O que realmente importa para mim? O que ocupa a maior parte do tempo do meu pensamento? Em que gasto tanto a minha energia? Porque prioridade é onde eu mais quero estar e o que eu tenho o maior prazer de fazer. Quem é realmente importante, eu quero estar perto e gastar tempo junto, certo? O cristão sempre coloca essa ordem de amor: 1. Deus 2. Família 3. Igreja e 4. Trabalho 5. Lazer e outras atividades. Mas será que esse discurso corresponde a realidade? O que eu vejo hoje,  na maioria das pessoas é: 1. Trabalho;  2.Lazer (internet, jogos eletrônicos, etc.) e daí por diante, cada um tem a sua ordem de amores.

Esse mundo frenético que tem nos levado a querer mais. Desejar mais, sempre correndo atrás. Logo estamos estressados e queremos sossego, então entra o lazer, porque, afinal, merecemos um pouco de refrigério. Deus virou sinônimo de perda de tempo e filho se tornou um estorvo: ou atrapalha a minha ambição ou atrapalha o meu lazer.  Precisamos resgatar nossos verdadeiros amores. Precisamos amar não apenas no discurso, mas com a nossa dedicação. E precisa ser leve. Afinal Deus é o maior motivo da nossa verdadeira felicidade. E a nossa família, também é o que nos feliz, ou deveria ser.

Seu filho merece ser amado de verdade. Merece ser ouvido com atenção quando conta como foi eu dia no colégio. Parar para escutar a música da banda preferida dele ou sair juntos só você ele, um filho de cada vez, para que se sinta especial. Apocalipse nos fala para vermos onde tropeçamos e caímos e nos chama a voltarmos para o nosso primeiro amor:

Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor.
Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.”  (Apocalipse 2:4,5)

Arrependa-se e volte para  os seus primeiros PRINCIPAIS amores: Deus e família. Convido você a seguir o conselho do apóstolo João e sondar seu coração. Onde foi que caíste? Onde suas prioridades se inverteram? Quais amores estão realmente fazendo você ficar sonhando acordado? Em que você tem gastado a sua energia? Tenho certeza que após essa mudança real (e não apenas no discurso) você poderá responder a pergunta inicial, com mais convicção e verdade: O QUE FAZ VOCÊ FELIZ?

Links: (vale a pensa assistir)

 

 

Viviane Bley de Noronha dos Santos
Psicanalista, especialista em casais e família
Mãe de três filhos adolescentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *