Close

DISCIPULAR SEM FAZER CLONES DE SI MESMO

Não é nada estranho imitarmos alguém, seguir o que determinada pessoa diz… às vezes até fazemos cursos pra conseguir os resultados que aquela pessoa conseguiu. Mas o nosso grande desejo é de estar no lugar daquela pessoa para que, ao invés de imitarmos ela, outras pessoas passem a nos imitar. Queremos ser imitados, desejamos ser influenciadores, mas isso pode trazer junto um grande peso.

Quando trazemos isso para a realidade bíblica cristã, que é o que nós deveríamos seguir, esse desafio se torna mais leve, mas ainda com uma grande responsabilidade. Jesus nos fez o desafio de sermos discipuladores, mas como vou discipular alguém sem que essa pessoa se torne parecida comigo?

Seremos sempre tentados a fazer clones de nós, nos gloriarmos por algo… Somos, por natureza, egocêntricos e queremos ser imitados, queremos ser influenciadores nessa era e que todos olhem para nós e nos reconheçam, mas devemos cada vez mais abrir mão de nós mesmos para Jesus crescer.

A resposta está em Jesus, como sempre deveria estar em tudo nas nossas vidas. Eu preciso fazer com que meu discípulo olhe para Jesus e não para mim. E mesmo que, às vezes, ele olhe para mim, eu preciso refletir Jesus na minha vida para que ao olhar para mim ele esteja olhando pra Jesus. A chave para isso é trazer Jesus em toda e qualquer situação, para que, assim, Jesus cresça e eu diminua. Quando apontamos para Jesus, tiramos o foco de nós e colocamos em quem realmente importa.

Ao levar tudo para Jesus, aprendemos a achar a resposta NELE para situações cotidianas e também perturbadoras que sempre nos alcançam. Levar pra Jesus não é simplesmente uma maneira de “se livrar” dos problemas, mas sim entender o papel do Senhor e a dar a Jesus o Poder de decisão sobre as nossas vidas.

Ked e Raphael

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *