Close

COM QUEM VOCÊ SE PARECE?

Você se acha mais parecido com sua mãe ou com o seu pai?
A cor dos olhos, a altura, o cabelo… são características que nos assemelham a eles.

Mas as principais semelhanças não são genéticas, são pela convivência, tipo: o jeito de andar e falar, personalidade, humor e outros.
É fato: acabamos imitando àqueles que estão diante dos nossos olhos.

Isso é bom, mas pode ser perigoso. Veja:

“Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens.
Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem.
Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram.
Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.
A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam.”

Salmos 115:4-8

Acabamos nos tornando semelhantes à quem adoramos.
Ah, de boa… eu adoro a Deus!

Essa não é uma resposta tão simples assim.

Que tal fazermos o caminho inverso?
Olhe para você. Olhe pro seu jeito de falar, de andar, de amar, de se importar, de perdoar, de se divertir, de comer, de compartilhar… aí sim, você pode responder:

Com quem você se parece?
A quem você adora?

“Aquele que afirma que permanece nEle, deve andar como Ele andou.”
1 João 2:6

Mas calma, não se desespere.
Vamos começar com uma oração?

Pergunte a Ele uma única coisa que você precisa se parecer mais com Ele; depois procure ler textos bíblicos sobre o assunto e pensar como pode mudar.
Converse com amigos, se discipline, ore… Olhe para Ele!

Cristiano Caracek

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *