celular

“Hoje eu acordei antes do despertador, estava melhor do que ontem, afinal, pior seria quase impossível. Fui ao banheiro como de costume e fiquei me observando no espelho, pensando o quanto eu não tenho nenhum atrativo muito grande, sem músculos definidos, cabelo normal, olhos castanhos, nem na escola eu posso me julgar ótimo, pois minhas notas são sempre medianas. Futebol eu até jogo, mas sempre têm uns caras melhores. Ao longo da fila do almoço esse pensamento voltou, fiquei refletindo sobre porque Deus me escolheu e quais seriam os planos dEle pra minha vida. Será que eu tenho feito escolhas certas, que partem do coração dEle? Esse pensamento foi cortado pela menina mais gata de todo o teen, ela passou e perguntou por que eu não a respondia no WhatsApp, fiquei meio perdido, bati a mão no bolso a procura do meu celular, e cadê? Não acredito que perdi meu celular, acabei de ganhar e tenho certeza que meus pais me matarão. Vasculhei cada canto dessa UniCesumar, refiz todo meu trajeto e simplesmente NADA. Convoquei uns amigos de rede para me ajudar, devem ter aguentado uns 10 minutos embaixo do sol e já começaram a dar desculpas de que tinham que tomar banho senão enfrentariam uma fila gigantesca. Percebi que teria de ser uma tarefa exclusivamente minha, afinal o celular era meu e eu não desistiria jamais. Em meio a minha busca intensa lembrei de algo que meus pais me ensinaram. Ao longo de toda a minha vida aprendi que devemos entregar nossas preocupações para Deus, até aquelas que parecem bobas para todos. Decidi arriscar e fazer uma oração já que eu não tinha um momento com Ele há um tempinho. Terminei a oração mais leve. O celular não tinha aparecido (ainda), eu não me sentia o cara mais bonito e habilidoso do mundo, mas eu sentia que o Senhor me ajudaria se fosse o desejo do Seu coração.”

“Uma noite de sono mais profundo costuma acalmá-lo, graças a Mim (rsrs). Embora, ele ainda esteja sofrendo de baixa auto-estima. Tudo bem, ainda temos tempo para trabalhar nessa área durante o congresso. A tal da garota que ele tem pensado tem mexido com ele. Uma crush em potencial, já que além de linda, ela Me serve! Caso eles procurem a Minha vontade, quem sabe não pode dar match? (Vem com o Pai que é sucesso!). Ihhh, só agora ele se deu conta da perda do celular. Ele esqueceu em cima da mesa do computador da Lan house durante a interação enquanto jogava vôlei com os amigos. Já revirou todo o campus e não encontrou. Seria tão mais fácil se ele Me procurasse. Isso!!! Agora ele entendeu que descansar é confiar, e pra confiar você precisa conhecer verdadeiramente. Calma Meu garoto, Meu coração se alegra com sua felicidade, sem sombra de dúvidas!”

 

Equipe iTSBR.       #XAV #noizie #iTSBR #summercamp

3 Comments

Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *